Staufen Alemanha

Sabe aqueles lugares que você pesquisa na internet, foge dos super roteiros turísticos e faz questão de conhecer?

Staufen, foi um destes lugares e, certamente, será um dos lugares que voltaremos um dia.

Ela fica localizada em Breisgau-Hochschwarzwald.

Staufen é uma cidadezinha pequena e aconchegante com menos de 10 mil habitantes.

TRANQUILA!

Sabe aquela cidade que te transporta para um conto-de-fada? Essa é uma delas.

Para um casal descansar é uma ótima opção, para adolescentes não tem muita atração não. Ela é cercada por vinhedos e vales que se contrastam com o Rio Reno.

Os restaurantes ( os poucos que tem) fecham por volta das 22hs e a cidade fica praticamente deserta.

Nos meses quentes a temperatura realmente é quente, pede uma cerveja alemã e a gastronomia regional.

Limpeza e muita organização fazem parte do cotidiano, não se vê lixo nas ruas e ninguém falando alto (faltam brasileiros e italianos kkk).

A bicicleta é muito bem vinda, muitos usam como transporte e outros para turismo.

São tão lindas e todas tem cestinhas para carregar as compras ou as bagagens.

Apreciar as ruas da cidade e as flores que a enfeitam é um passeio único e inesquecível.

Sentar na beira da calçada e molhar os pés nas águas que cortam a cidade é uma sensação única!

Só retiramos os pés quando alguma criança vem puxando seu barquinho flutuante.

Muito fora da nossa realidade brasileira, não é mesmo?

Talvez por isso encante ainda mais!

Eu queria muito saber de onde vinham essas águas, para onde iam e se eram limpas.

A primeira vez que vi alguém com os pés achei esquisito mas acabei encontrando o significado dela no LANDLOPERS.

“Canais

São pequenos riachos cheios de água que podem ser encontrados em toda a cidade velha. 

Estes foram pontos turísticos comuns em muitas cidades europeias durante a Idade Média, mas apenas alguns são deixados e Freiburg tem um dos sistemas mais completos do mundo. 

Eles eram originalmente usados ​​para combater incêndios, fornecer água e refrescar a cidade naqueles verões famosos e quentes. 

Hoje, claro, eles são apenas para mostrar, uma lembrança do passado e uma característica que moradores e turistas passaram a amar. 

Eu amei, nele pisei e me refresquei!

Isso é uma ocorrência bastante comum (entre as pessoas, pisar nos canais) e diz-se que se você erroneamente entrar em um, então você está destinado a casar com alguém de Freiburg. 

Casamento ou não, o bäckle é uma razão pela qual muitas pessoas visitam, para ver um pouco da Idade Média ainda viva e bem em uma cidade moderna.”

Ah! Ainda bem que não pisei erroneamente e, mesmo tendo pisado estava de mãos dadas com meu marido.

Então, que se refaça o casamento outra vez!

Não sei se o que mais impressiona é o castelo ou as videiras!

Ao longe você consegue vê-lo e é inexplicável como ele nos atrai.

Esse foi um restaurante que apreciamos muito, o Scwarzwaldschon.

Queríamos provar a comida alemã, provamos e amamos. A cerveja também foi uma boa escolha.

Passamos poucos dias no local pois queríamos conhecer outros lugares.

Uma dica valiosa é sempre ter um mapa na mão, ajuda muito na hora de ir aos destinos.

Também usamos bem as informações ao turista, tem em todas as cidades e você sai de lá repleto de informações.

Claro que já levamos um esboço do que queríamos fazer. Ainda no Brasil pesquisamos locais que talvez nos agradassem e chegamos lá com algumas opções. Posso dizer que 95 % delas deram super certo!

Para uma viajem ser agradável é preciso muita paciência, pois nem tudo é como imaginamos mas com jeito e vontade tudo acontecesse e se desenrola bem.

beijinhos e até a próxima parada!

 

 

 

Deixe uma resposta